Publicidad

7 passos de como criar e manter um orçamento familiar. Neste guia, apresentamos um processo simples em etapas para ajudar você a criar e manter um orçamento que seja adequado à sua família. Veja como fazer isso:

Entendemos que criar um orçamento pode não ser a atividade mais empolgante, mas é essencial para garantir o controle financeiro.

Além disso, é especialmente importante para futuros pais, que podem se deparar com gastos relacionados ao bebê, e para os pais de primeira viagem, que podem estar sobrecarregados com as demandas da vida com um bebê.

No entanto, as recompensas do planejamento financeiro são significativas. Portanto, continue lendo e comece a criar seu orçamento familiar hoje mesmo.

Estabeleça Objetivos Financeiros para um Orçamento Eficaz

Para muitos novos pais, criar um orçamento pode parecer desafiador, pois costumam focar nas necessidades de curto prazo em vez de planejar a longo prazo.

No entanto, é fundamental pensar no que será necessário no futuro. Seja para adquirir uma minivan, uma casa maior ou economizar para a educação universitária do seu filho, ter metas claras torna mais simples seguir um plano financeiro bem estruturado.

Calcule sua renda total

Calcule sua renda mensal olhando para seus recibos de pagamento e extratos bancários. Além do seu salário líquido, considere se há outras fontes de renda na família, como atividades extras.

Assim, se você planeja se tornar um pai que fica em casa, esteja preparado para viver com um único salário. Antes de deixar o emprego, pratique viver com a renda do seu parceiro por um período e utilize a sua própria renda para quitar dívidas ou poupar.

Analise seus gastos

Saber onde seu dinheiro está indo é a parte desafiadora. Muitas pessoas não têm clareza sobre seus gastos mensais, o que pode dificultar o pagamento de dívidas e economizar para a aposentadoria.

Além disso, comece revisando seus extratos bancários dos últimos seis meses para entender seus gastos. Depois, acompanhe seus gastos cuidadosamente no próximo mês, prestando atenção a despesas extraordinárias, como férias ou presentes de Natal.

Leia também:

Testes de Gravidez Online pelo Celular: Indicativos Iniciais para a Possibilidade de Gravidez

14 Primeiros Sinais que Você pode estar Grávida

11 Razões para uma Menstruação Atrasada

Elabore seu orçamento

Um plano financeiro eficaz para a maioria das famílias é a regra do 50/30/20, que divide seus gastos em necessidades, desejos e objetivos da seguinte forma:

Depois de entender seus gastos mensais, categorize cada despesa nesses três grupos para avaliar sua situação financeira.

Além disso, se os gastos essenciais não representam cerca de metade da sua renda líquida e se você não está destinando pelo menos 20% para poupança, é hora de fazer ajustes para alcançar essas metas.

Utilize um sistema de acompanhamento

er um sistema é fundamental para seguir seu orçamento. Uma opção popular é usar uma planilha no Excel para registrar suas despesas, tornando-o mais legível, especialmente se categorizar as linhas por cores.

Simplifique ainda mais sua contabilidade com ferramentas ou Apps, que monitora seu orçamento, rastreia seus gastos e emite alertas em caso de ultrapassagem.

Assim, outra alternativa é experimentar aplicativos, que utiliza o conceito de orçamento de envelope com base em sua localização para controlar seus gastos em categorias específicas, como supermercado.

Reduza gastos supérfluos

Apesar de algumas despesas fixas não serem controláveis, como pagamentos de carro ou financiamento, é possível reduzir outras. Analise seus recibos para identificar áreas onde é possível economizar.

Se surpreender com os gastos de R$ 200 em refeições fora de casa ou R$ 50 em taxas de caixas eletrônicos, comece cortando esses custos.

Os gastos com equipamentos para bebês, como carrinho, bolsa de fraldas e brinquedos, podem pesar no orçamento. Além disso, considere os itens essenciais do dia a dia, como fraldas, lenços umedecidos e comida para bebês.

Para economizar, pense em eliminar itens menos importantes da lista e, em vez disso, optar por empréstimos ou compras de segunda mão, desde que atendam aos padrões de segurança atuais.

Além disso, você pode reduzir os gastos com fraldas ao aderir a um serviço de assinatura ou comprar em grande quantidade.

Destine parte das economias

Para planejar o futuro educacional do seu bebê, é essencial seguir alguns passos importantes:

Lembre-se de que, embora seu filho possa ser elegível para bolsas de estudo e empréstimos estudantis governamentais, é crucial ter economias próprias para auxiliá-lo nas despesas educacionais que possam surgir.

Faça ajustes contínuos

Um orçamento não é fixo; ele evolui com as mudanças na vida. Variações de preços e eventos pessoais podem desequilibrá-lo. Por exemplo, à medida que seu bebê cresce, despesas como fórmula e cuidados infantis podem diminuir.

O nascimento de um segundo filho ou mudanças no trabalho também exigem ajustes no orçamento. Além disso, é crucial não negligenciar o planejamento financeiro de longo prazo para sua família, mesmo com os desafios da parentalidade.

Seguir passos simples agora pode resultar em recompensas significativas para você e seu filho no futuro.

Conheça a Luz Baby, uma das melhores lojas de produtos infantis.